SPACE PRIZE seul . coreia
concurso internacional . concluído
2008


ONDE VAMOS VIVER AMANHA ?
O ser humano é um ser mutante, ele adapta-se ao meio envolvente de acordo com as suas necessidades.

A questão da cidade contemporânea está cada vez mais interligada com mobilidade, hiper-temporária habitação e nómada. Esta crescente característica da cidade digital trará consequências espaciais importantes. Esta nova forma de habitar a cidade tem cada vez mais peso no desenvolvimento desta.

No actual momento de rápidas mudanças, laços cada vez mais efémeros e cidades hiper povoadas, a necessidade de uma mudança de paradigma em relação às potencialidades da cidade. Esta precisa de ser híbrida, multifuncional, respondendo às necessidades globais.

Esta proposta tenta de alguma forma responder às necessidades actuais. Primeiro cria uma dupla camada multifuncional por cima das infra-estruturas existentes na cidade, ruas, auto-estradas, caminhos de ferro, pontes, rios, entre outros. Segundo, cria, para além de um novo espaço público, módulos de habitação hiper temporária, pensada para responder as recentes necessidades dos novos nómadas urbanos. A estrutura não tem lugar especifico, qualquer infra-estrutura existente é suficiente para a apropriação. O módulo estrutural é desenvolvido com base numa figura geométrica, o hexágono, permitindo a sua reprodução e repetição, mas a sua evolução rompe essa geometria, criando vazios de iluminação e ventilação da infra-estrutura existente. O projecto tem também uma componente ecológica ao apropriar infra-estruturas poluentes. A estrutura possui filtros de ar, minimizando o impacto do CO2 no ambiente.

FICHA TÉCNICA
tipo: concurso
cliente: space prize
localização: seul, coreia
arquitectura: ines gomes, margarida quintino, tiago moniz, vitor ribeiro
engenharia:
paisagismo:
visualização: beyond-architects
custo: 5.000.000 €
dimensão: 5.000 m2
estado: proposta de concurso

todas as images © beyond-architecs
info@beyond-architects.com
00_00
/