DOSHISHA CHAPEL COMPLEX quioto . japão
concurso internacional . concluído
2013


“Se eu não posso ser bonito, quero ser invisível.”
Chuck Palahniuk

A ideia subjacente a qualquer equipamento religioso deve sempre baseada em doses idênticas de harmonia, espiritualidade e integridade. A nossa proposta representa esses conceitos na sua máxima força, num conjunto de emoções que afectam profundamente qualquer pessoa.

Quando analisamos o lugar, a primeira e mais importante sensação que capturamos foi a manifesta desconexão com os edifícios envolventes, maioritariamente devido ao enorme e pesado volume que estes representam. De certa forma, apercebemo-nos de que qualquer edifício colocado no nosso lote seria totalmente absorvido pela envolvente devido à considerável falta de espaço para "respirar".

Naturalmente, a nossa intenção era a de criar um objecto único, com uma identidade forte mas simultaneamente um género de não edifício, imaterial, leve e transcendente. Um edifício que tenha em mente os requisitos funcionais de uma capela e a necessária integração espacial com os edifícios envolventes, respeitando a sua importância no quotidiano da instituição. O desenho do interior da capela é harmonioso e com um forte espiritualmente, devido aos seus materiais mas especialmente devido à qualidade da iluminação interior.

Ter que aumentar / renovar o edifício adjacente levantou várias questões. No entanto, acreditamos que a implantação existente do actual centro de estudos cristãos seria forte o suficiente para suportar a criação de um novo volume. Os principais argumentos são a redução da implantação do solo e, através da utilização das infra-estruturas existentes, menores custos de construção. Simultaneamente, reconhecemos a importância de manter o caracter natural do jardim existente na área proposta para construção deste novo centro e o seu caracter vital na relação entre os edifícios existentes e os novos volumes propostos.

Acreditamos que as duas realidades iriam viver em harmonia, uma mais imaterial e simultaneamente dinamica e outra mais estática e transparente.

FICHA TÉCNICA
tipo: concurso
cliente: universidade de doshisha | campus de kyotanabe
localização: quioto, japão
arquitectura: ines gomes, joão pedro miguel, vitor cataluna ribeiro
engenharia: matriz xxi
paisagismo: carina oliveira
visualização: beyond-architects
custo: 2.000.000 €
dimensão: 1.500 m2
estado: proposta de concurso

todas as images © beyond-architecs
info@beyond-architects.com
00_00
/